Encontros do passado com o presente

Por Helga Rackel


Feira Nova, Largo das Trincheiras e Pedro II foram alguns dos nomes dados à Praça do Ferreira. Em 13 de outubro de 1871, a praça recebeu seu atual nome em homenagem ao boticário e coronel Antônio Rodrigues Ferreira. No passado, foi cercada por mongubeiras que serviam para amarrar animais que traziam do Interior as mercadorias para abastecer o comércio local. Vendia-se de tudo nas calçadas: frutas, camarão seco, pente fino, calças de mescla, espelhinhos, toalhas de rosto, retoques de algodão, e nylon, pó de arroz e revistas velhas. Deste núcleo central, o arquiteto Adolfo Hebster constituiu a malha urbana da cidade.


Hoje, a Praça do Ferreira ainda funciona como centro de encontros, passeios e comércio.
Camelôs com seus CDs e DVDs, vendedores com carrinhos de lanche, amadores, músicos e artistas são alguns dos personagens que cruzam o espaço atemporal da praça. Também há aqueles que preferem sentar, conversar ou tirar uma soneca nos intervalos do trabalho, sentados nos bancos da praça sob a sombra das árvores e o som do barulho do centro da cidade.

O lugar sofreu uma série de reformas ao longo do tempo. Dentre elas, em 1932, o coreto foi substituído pela Coluna da Hora, com seu relógio que servia de orientação para toda a cidade. Sua inauguração foi no início de 1934, sendo demolido em 1969. Porém, em 1991, foi inaugurada a versão moderna da Coluna da Hora com a última reforma da praça.

Sobre Antônio Ferreira Rodrigues:
O Boticário Ferreira, nasceu em Nitorói em 1801 e por volta de 1925 conhece a Antônio Caetano de Gouveia, Cônsul de Portugal, o qual o trouxe para o Ceará, como seu caixeiro. Com 21 anos de idade e com adiantada prática de Farmacologia, obtida na sua terra natal e suas receitas salvaram a mulher de seu protetor, que o ajudou a obter da Junta Médica de Pernambuco licença para montar uma botica e se estabelecer. Em pouco tempo, o boticário Ferreira tornou-se popular pela sua caridade e sociabilidade. Em 1927 casou-se mas nunca teve filhos. Envolveu-se na política e viu-se continuamente eleito para a Câmara Municipal. Dedicou-se inteiramente a política de Fortaleza, durante os 18 anos que foi vereador e procedeu ao levantamento da planta urbana da cidade de Fortaleza. Construiu algumas praças, alargou ou ratificou o alinhamento de outras, deu grande impulso a Santa Casa de Misericódia e realizou tantas obras de importância para a cidade que é considerado o seu primeiro urbanista. Demoliu o Beco do Contovelo construindo ali a grande praça que levaria o seu nome. Morreu em 1859, aos 60 anos. (http://www.centrodefortaleza.com.br/)


Serviços:
Área: 7.603m2
Limitada pelas ruas: Major Facundo, Floriano Peixoto, Dr. Pedro Borges e Travessa Pará, no Centro de Fortaleza.

Espaço para a inclusão cultural

Por Helga Rackel


Primeira edificação de três andares construída no Ceará, na segunda metade do século XIX, o Sobrado da Rua da Palma – hoje Rua Major Facundo, foi criado para cumprir as funções de residência e consultório do médico sanitarista Dr. José Lourenço de Castro Silva (1808-1874). Posteriormente, o prédio abrigou oficina de marcenaria, repartição pública e bordel. Apos ser tombado pela Secretaria da Cultura do Ceará, foi restaurado em 2006 pelo Governo do Estado.

O Sobrado Dr. José Lourenço, inaugurado em 31 de julho de 2007, abriu as portas ao público com um novo centro cultural para artes visuais do Ceará. O espaço abriga salas para exposição, auditório e café, consolidando-se como local de convivência e difusão das artes visuais, possibilitando o acesso gratuito da população a uma programação comprometida com a criatividade artística e a inclusão cultural.


Como atividade permanente, o Sobrado oferece atendimento ao público de diversas áreas de conhecimento e níveis escolares. Além de apreciar a formosa arquitetura neoclássica, o visitante tem a oportunidade de participar de uma programação eclética, como: cursos, palestras, seminários, workshops, exposição com um artista convidado, oficinas que ensinam técnicas artísticas... tudo na área das artes visuais.


Saiba mais:
Entre os demais sobrados, a edificação se destaca por possuir um telhado prismático de quatro águas e pelo tratamento dado às fachadas laterais, que possuem janelas de peito que dão para telhados vizinhos e cornijas acompanhadas por frisos de azuleijos, características essas atípicas de um sobrado unido às suas divisas.

O nome do Sobrado é uma justa homenagem ao seu primeiro proprietário, o Doutor José Lourenço de Castro Silva (1803-1874). Médico íntegro, respeitado homem público, ele utilizou o casarão como residência e consultório. Foi Deputado na Assembléia Legislativa Provincial do Ceará por três mandatos: 1838-1839, 1840-1841 e 1846-1847. Recebeu, em 1871, o título de Comendador da Imperial Ordem de Cristo por serviços prestados à Instrução Pública, da qual chegara a ser diretor geral interino. (http://www.secult.ce.gov.br/)




Serviços:
Sobrado Dr. José Lourenço
Rua Major Facundo, 154 – Centro
Fortaleza – CE – Brasil

Telefone: (85) 3101.8826 / 3101.8827

Horário de visitação:
Terça à sexta-feira das 09h às 19h
Sábado das 10h às 19h
Domingo das 10h às 14h.
Entrada Gratuita.

Começa o Ano 100 do TJA

Começa o Ano 100 do TJA
Por Helga Rackel




No dia 17 de junho, o Theatro José de Alencar (TJA) completou 99 anos de história, cultura e arte. A partir dessa data, o Governo do Estado via Secult iniciou a temporada de celebração dos 100 anos de TJA com o Zona de Transição - Encontro TJA de Artes Cênicas. Dedicado à formação artística e de platéia, reúne solistas e coletivos do Brasil, Chile, Espanha, França e Itália em oficinas, demonstrações de trabalho, rodas de conversa e espetáculos de curta e longa duração. Trocas intensivas, abertas ao público, em conexão com os centenários Teatro São João, em Sobral (130 Anos em 2010) e Teatro da Ribeira dos Icós, Icó (150 Anos em 2010).

O TJA faz parte do patrimônio cultural do nosso estado, levando em consideração a arte do se
u brilho e da beleza que não se perdem com o tempo. É um local indicado para todas as idades, etnias e culturas. Mesmo sem assistir a um espetáculo apresentado no teatro, vale a pena conferir a arquitetura, toda a estrutura e histórias que fluem de cada recanto seu.


Sobre o TJA:
Inaugurado oficialmente em 17 de junho de 1910, apresenta arquitetura eclética: sala de espetáculo em estilo
art noveau, auditório de 120 lugares, foyer, espaço cênico a céu aberto e o prédio anexo, que sedia o Centro de Artes Cênicas (CENA); o Teatro Morro do Ouro, com capacidade para 90 pessoas; a praça Mestre Pedro Boca Rica, com palco ao ar livre e capacidade para 600 pessoas; a Biblioteca Carlos Câmara; a Galeria Ramos Cotôco; quatro salas de estudos e ensaios; oficinas de cenotécnica, figurino, iluminação e o Curso Princípios Básicos de Teatro. A pedra fundamental foi lançada em 1896, no centro da praça Marquês do Herval, atual praça José de Alencar, mas o projeto original não foi concretizado. Em 1904 é que foi oficialmente autorizada a construção do Theatro José de Alencar, através da lei 768, de 20 de agosto. Em 6 de junho de 1908 as obras oficialmente tiveram início, e as peças de ferro fundido que compõem a estrutura do teatro foram importadas de Glasgow, na Escócia. No projeto do TJA, o capitão Bernardo José de Mello imaginou um teatro-jardim. Mas o jardim só foi construído na reforma que durou de 1974 a abril de 1975. A última reforma se deu entre 1989 e 1990. (http://www.theatrojosedealencar.blogspot.com/)


Serviços:

Praça José de Alencar, s/n.

Fones: (85) 3101.2596/ 3101.2603

Centro de Artes Cênicas do Ceará - Cena
(anexo à edificação histórica):
Rua 24 de Maio, 600
.
Telefones: (85) 3101.2596/ 3101.2603

História e Cultura cearense em um só lugar

Por Alan Rodrigues e Helga Rackel


O zelo com a história do escritor cearense. Esta é a constatação dos visitantes ao trabalho desenvolvido na Casa de José de Alencar (CJA) pelo sociólogo João Arruda. Professor da Universidade Federal do Ceará, em novembro de 2008 foi convidado pelo reitor da UFC para assumir a direção da Casa. Desde então, comandou significativas mudanças no projeto. Em março de 2009, por exemplo, reabriu aos visitantes o restaurante que funciona dentro da Casa, o qual se encontrava fechado desde 1998. Ainda este ano sob a direção do Prof. Arruda, será criado um espaço voltado aos estudos alencarinos. Ali serão encontradas as diversas publicações sobre o autor e suas obras - digitalizadas. Para conhecer um pouco mais sobre o trabalho do professor João Arruda na Casa de José de Alencar, o blog Arrudeia Ceará conversou com ele. Confira:


Visite: www.cja.ufc.br

Sitio Lucas em Beberibe

Por Paula Belelli


















Conhecida como "O Berco de Beberibe", o Sitio Lucas 'e uma das mais belas propriedades preservadas com antigos costumes, resistindo a destruicao com o passar do tempo. Sao 190 anos de uma rica historia repassada de geracao a geração.

O sítio Lucas está aberto à visitação oferencendo passeios de charrete, visita ao casarão, o açude, a capela, ao alambique, casa de farinha, engenho, bodega do Pedim, onde o visitante pode degustar e comprar os produtos "Vovó Iaiá": doces, queijos finos, cachaça, cajuina, rapadura, farinha e goma de mandioca. O complexo possui um restaurante com café da manhã e comidas típicas.

A localidade agrícola, banhada pelo Corrente do Leite e próxima à Praia do Morro Branco era passagem obrigatória de todos os comboieiros, tangerinos e viajantes que trafegavam pela Estrada Real, no trecho entre Fortaleza e Aracati.

Nos meados da década de 1870, a casa velha foi substituída por uma bonita e elegante casa de campo, que resiste ao tempo, compondo um complexo arquitetônico colonial: capela, casa de engenho, casa de farinha e alambique artesanal.

Mais informaçõ
es:
http://www.sitiolucas.com.br/
email: sitiolucas@sitiolucas.com.br
tel: (85) 3338-1123/ 3219-5447
Rua Pedro de Queiroz Ferreira, 1. Beberibe
(Indo de Beberibe para Morro Branco, primeira entrada a esquerda)

Feira do artefato no Salinas Casa Shopping

Por Paula Belelli

A Feria do Artefato acontece todo primeiro sabado do mes, das 16 as 22 horas, no Salinas Casa Shopping, na Avenida Washington Soares. Sao mais de 60 estandes que oferecem variadas opcoes de presentes, produtos artesanais, obras de arte, moveis rusticos, comida regional, diversao e musica ao vivo. O espaco aberto proporciona um ambiente agradavel para um passeo em familia.
Mais informacoes
www.salinascasashopping.com.br
Av Washington Soares, 909
Edson Queiroz
Tel: (85) 3241 1653
de Seg a Sex das 9 as 20h.Av Washington Soares, 909
Edson Queiroz
Tel: (85) 3241 1653
de Seg a Sex das 9 as 20h.

Av. Monsenhor Tabosa


Por Paula Belelli

A avenida Monsenho Tabosa fica no bairro Praia de Iracema, vizinho ao Centro, ao lado do Centro cultural Dragao do Mar. A rua reúne pequenos Shoppings e lojas e é famoso por ter preços acessíveis. A maioria dos produtos comercializados é de fabricacao local.
A ruaé segura com bastante policiamento e também tem muitos restaurantes bons e baratos.
Quem passa por Fortaleza e quer ir as comprar sem gastar muito dinheiro, não pode deixar de passar pela Avenida Monsenhor tabosa.

Ponte dos Ingleses

Por Sarah Rahanny


A Ponte dos Ingleses também conhecida por Ponte Metálica é uma antiga construção - na Praia de Iracema - sobre a qual foi montada uma estrutura de madeira muito é freqüentada tanto pelos turistas quanto pelos próprios moradores da cidade que gostam de apreciar um belo por do sol e pra aqueles que gostam de acordar cedo os golfinhos fazem suas acrobacias matinas ao redor da ponte e enchem os olhos de quem vê.

É um local para quem quer relaxar e pensar na vida, pois lá existe uma relação de muita cumplicidade entre a poesia e a boemia, é um local ideal para se passar o tempo e hoje acabou se tornando um dos pontos turísticos mais aconchegantes da região

A ponte também tem sua história foi construída para receber cargas e estrangeiros. O porto marítimo de embarque e desembarque em Fortaleza, construído por uma empresa inglesa no início do século 20, só foi transformada em Ponte em 1940, quando se tornou referência de turismo e lazer da capital cearense.

Turismo Religioso em Canindé

Por Sarah Rahanny




Canindé fica 120 km de distância de Fortaleza. É um dos maiores centros da Fé do estado, a cidade recebe visitantes de todas as partes do país, são devotos que querem pagar suas promessas ao Santo padroeiro da cidade São Francisco de Assis. As romarias cresceram tanto que o Vaticano concedeu o título de basílica à Igreja matriz dedicada ao centro da pobreza.
O artesanato é baseado em artigos religiosos como terços, fitinhas, velas, medalhas com imagens de santos e imagens. A maior movimentação de romeiros que vêm pagar promessas a São Francisco das Chagas acontece entre os meses de junho e outubro.

O Turismos religioso acabou se formando como a principal fonte de renda da região e como toda cidade que recebe romeiros, Caninde tem muitas lojas comercializando imagens de santo e uma casa dos milagres, onde se expõem os ex-votos, quase todos feitos em madeira.
Para Mais informações Secretaria de Turismo (85) 3343-0304

Fortal: maior micareta do país comemora a maior idade

Por Anderson Pires

Este ano de 2009, o Fortal completa 18 anos de sucesso, alegria e diversão. Mais uma vez, o evento vai reunir uma constelação de estrelas da musica brasileira na capital cearense. Em 2008, mais de 500 mil pessoas eletrizaram os quatro dias de diversão na Cidade Fortal.

A festa aconterá entre os dias 23 e 26 de julho, mas o aquecimento já começou. A próxima prévia esta marcada para o dia 19 de junho com o show de Jamil e Uma Noites no Mucuripe Clube.
Para animar as foliões dos blocos, dos camarotes e turma da pipoca já estão confirmados nomes históricos desta grande festa. A Cidades Fortal vai ferver com Alexandre Peixe, Asa de Águia, Aviões do Forro, Banda Eva, Chiclete com Banana, Ivete Sangala e Jamil e Uma Noites. Além das atrações na Arena Vip, a galera da música eletrônica vai curtir a maior vibe ao som de Dj's nacionais e internacionais na Tenda Eletrônica .

CIDADE FORTAL
O Fortal é considerado a maior micareta do país, capaz de gerar uma expectativa de 100% de ocupação da rede hoteleira local durante o periodo. Todos esse público tem como único destino a Cidade Fortal, estrutura com mais de 20.000m², com palcos, tendas, praça de alimentação, banheiros químicos e grande esquema de segurança. O acesso ainda é facilitado por táxis, ônibus de turismo e ônibus da rede pública com esquema especial de transporte para os locais.

Governo do Ceará inicia programa para recuperação de estradas

por Anderson Pires

O Governador do Ceará Cid Gomes lançou na terça-feira (16) o Programa para para recuperação das estrada do Estado, danificadas pela grande ocorrência de chuvas deste ano. O Proestradas esta orçado em 72,5 milhões e tem como objetivo finalizar as obras de manutenção o e recuperação da malha viária em 100 dias. Serão trabalhados 284 trechos sendo priorizadas as rodovias turísticas, as de maior fluxo de veículos e as de escoamento de produção.Serão realizados serviços de tapa-buracos, recuperação de seguimentos e aterros, restauração de obras de arte, plotagem e correção de plataformas. Conforme o Governo, 80% da malha rodoviária cearense estava em boas condições antes das chuvas. Os estragos causados durante o período reduziram o índice para 55%.

As informações são da coordenadoria de imprensa do Governo do Estado. No site da administração o governador declarou que é grande a importância da ação. "O Governo tem absoluta preocupação com a boa qualidade das estradas, já que é por ela que a economia gira e é por ela que as pessoas se movimentam. Então é fundamental garantirmos conforto, segurança e comodidade aos cearenses." disse Cid Gomes. O benefício se estende também aos visitantes que já começam à chegar em nosso Estado, sendo notória a má qualidade das estradas como uma das principais queixas de quem chega ao Ceará.

Outros investimentos ainda estão previstos dentro do Programa Ceará III, que pretende construir mais de 500 quilômetros de estradas e recuperar mais mil quilômetros. O Prodetur, Programa de Desenvolvimento do Turismo do Nordeste, ainda tem como meta investir mais R$ 180 milhões em estrada no Ceará.

Fonte: http://www.ceara.gov.br/noticias/estado-da-inicio-as-obras-de-recuperacao-das

Governo do Ceará inicia programa para recuperação de estradas

O Governador do Ceará Cid Gomes lançou na terça-feira (16) o Programa para para recuperação das estrada do Estado, danificadas pela grande ocorrência de chuvas deste ano. O Proestradas esta orçado em 72,5 milhões e tem como objetivo finalizar as obras de manutenção o e recuperação da malha viária em 100 dias. Serão trabalhados 284 trechos sendo priorizadas as rodovias turísticas, as de maior fluxo de veículos e as de escoamento de produção.Serão realizados serviços de tapa-buracos, recuperação de seguimentos e aterros, restauração de obras de arte, plotagem e correção de plataformas. Conforme o Governo, 80% da malha rodoviária cearense estava em boas condições antes das chuvas. Os estragos causados durante o período reduziram o índice para 55%.

As informações são da coordenadoria de imprensa do Governo do Estado. No site da administração o governador declarou que é grande a importância da ação. "O Governo tem absoluta preocupação com a boa qualidade das estradas, já que é por ela que a economia gira e é por ela que as pessoas se movimentam. Então é fundamental garantirmos conforto, segurança e comodidade aos cearenses." disse Cid Gomes. O benefício se estende também aos visitantes que já começam à chegar em nosso Estado, sendo notória a má qualidade das estradas como uma das principais queixas de quem chega ao Ceará.

Outros investimentos ainda estão previstos dentro do Programa Ceará III, que pretende construir mais de 500 quilômetros de estradas e recuperar mais mil quilômetros. O Prodetur, Programa de Desenvolvimento do Turismo do Nordeste, ainda tem como meta investir mais R$ 180 milhões em estrada no Ceará.

Fonte: http://www.ceara.gov.br/noticias/estado-da-inicio-as-obras-de-recuperacao-das

Programação dos 99 anos do TJA

por Anderson Pires


Inaugurado em 17 de junho de 1910, o Teatro José de Alencar (TJA) comemora seu aniversário com a vivacidade de um jovem, dando início as ações comemorativas de seu centenário. Local de cruzamento de diversos géneros artisticos, o TJA é a principal referência cultural do Céará. As celebrações se iniciarão com a realização de um grande encontro internacional de artes cénicas, o Zona de Transição, entre dias 17 e 23 de junho. O evento reunirá brasileiros, chilenos, espanhóis e franseces tendo como foco atividades de formação, encontros artísticos, excercícios e experimentos.

ZONA DE TRANSIÇÃO

DIA 17

  • Visita Guiada ao Teatro
  • O mais antigo palhaço em atividade no Ceará, Trepinha recebe o público
  • A triste história de Catarina e Billy Macarrão
  • O bailarino Hugo Bianchi quia percurso pelo TJA
  • Homem Banda (Musical com o William Rodrigues – Sobral/CE)
  • Imaginário - A saga do guerreiro brincante Quixote no sertão dos Inhamuns, no Ceará - (Grupo Arte Jucá - Arneiróz/CE)
  • Lês Muzes Dynamo - La Belle Zanka (Poesia urbana: dança, circo, teatro. Margot Carrière)
  • Chuva de pétalas de flores com alunos do Curso Princípios Básicos de Teatro - CPBT

DIA 18

  • Oficina de voz com Carlos Simeoni na sala de dança
  • Oficina de voz com Noberto Presta na sala de canto
  • Oficina de palhaço com Oscar Zimmermann na sala de teatro
  • Oficina de animação com a Tato Criação Cênica no Teatro Morro do Ouro
  • Oficina com a companhia La Belle Zanka
  • Prisão para a liberdade Demonstração técnica de Carlos Simeoni (Norberto Presta - Argentina/Itália)

DIA 19

  • Oficina de voz com Carlos Simeoni na sala de dança
  • Oficina de voz com Noberto Presta na sala de canto
  • Oficina de palhaço com Oscar Zimmermann na sala de teatro
  • Oficina de animação com a Tato Criação Cênica no Teatro Morro do Ouro
  • Oficina com a companhia La Belle Zanka
  • Demonstração técnica de Norberto Presta
  • E se... – Tato Criação Cênica
  • O Realejo (Grupo Bagaceira de Teatro Espetáculo)
  • Zona de Transição: trabalhos de curta duração (1. Desespero para a felicidade...)

DIA 20

  • Oficina com Carlos Simeoni na sala de dança
  • Oficina com Noberto Presta na sala de canto
  • Oficina de Palhaço com Oscar Zimmermann na sala de teatro
  • Oficina com a Tato Criação Cênica no Teatro Morro do Ouro
  • Oficina com a cia. La Belle Zanka
  • Demonstração técnica do Grupo Bagaceira de Teatro
  • Tropeço – Tato Criação Cênica (Curitiba/PR)
  • De-vir – Cia. Dita
  • Zona de Transição: trabalhos de curta duração (2. Joubert Arrais / 3. Todas as cebolas da casa / 4. Eu, roxo5. Cumplicidade na contramão / 6. Esperai / 7. A chuva também molha)

DIA 21

  • Oficina com Carlos Simeoni
  • Oficina com Tato Criação Cênica
  • Demonstração de trabalho do Grupo Teatro Máquina
  • O intrépido Anãmiri – Uma fantástica aventura (Grupo Bricoleiros)
  • Lês Muzes Dynamo- La Belle Zanka
  • Viaje (Oskar Zimmermann)

DIA 22

  • Demonstração de trabalho da Cia. Dita
  • O Cantil (Grupo Teatro Máquina)

DIA 23

  • Los CorderosSeguido de conversa com o grupo CRÍTICA/ESCRITA

Fonte: http://www.secult.ce.gov.br/noticias/tja-internacional-201czona-de-transicao-encontro

Trairi: sossego no paraíso

Por Rosanna Amazonas
Praias de ondas calmas com vasta faixa de areia, piscinas naturais propícias ao banho de mar, extenso coqueiral, dunas exuberantes e um pôr-do-sol inigualável. Assim é Trairi, último município da Costa dos Ventos, um novo roteiro turístico integrado do litoral Oeste do Ceará, que inclui ainda Caucaia, São Gonçalo do Amarante, Paracuru e Paraipaba. Distante cerca de 120 quilômetros de Fortaleza, Trairi possui uma costa de 36 quilômetros e os encantos das praias de Flecheiras, Mundaú e Guajiru, redutos de incrível beleza natural quase desabitados e primitivos.

O grande atrativo do litoral são as largas piscinas naturais formadas pelos arrecifes em maré baixa, além das lagoas e dunas. A praia de Flecheiras é uma das mais belas do litoral Oeste e pode ser encontrada sob a refrescante mancha verde de nativo coqueiral. A praia está localizada numa pequena enseada em forma de ´S´, entre dunas e coqueirais com uma beleza selvagem quase intocada. Conta a lenda que, no tempo dos primeiros habitantes, os índios desciam os morros e com suas flechas certeiras praticavam a pesca nas águas claras e mansas que entremeiam as pedras aquáticas do lugar.

Com a maré baixa, saindo de Flecheiras, é possível fazer um passeio a pé até Guajiru, vilarejo de pescadores. O lugar é constituído, basicamente, de pescadores que vivem da pesca artesanal e um dos maiores espetáculos é ver a lua cheia nascendo sobre o mar. Nesse pequeno povoado, a tranqüilidade é tamanha que parece que o tempo não tem pressa de passar. Alvas dunas, verdes coqueirais, lagoas azuis, velas ao vento, mar calmo, boa pescaria e gente hospitaleira são características dessa praia.

Assim como Guajiru, Mundaú é uma praia de águas calmas e cristalinas, localizada numa grande baía, protegida por 100 metros de arrecifes, a apenas um quilômetro da beira-mar. No limite da foz do rio Mundaú, a praia é margeada por densos manguezais e dunas brancas, o que garante passeios de rara beleza. A praia vem ganhando mais fãs nos últimos anos. Isso acontece porque as piscinas naturais permitem um tranqüilo banho e os arrecifes proporcionam ambiente propício para a pesca artesanal, além do clima de nostalgia que os coqueiros, ao longo da praia, imprimem no local.

Trairi destaca-se na região pela boa oferta de pousadas, bares e restaurantes. A estrutura hoteleira é uma das melhores do litoral Oeste, contando com várias pousadas que podem proporcionar a seus visitantes conforto, tranqüilidade e excelentes serviços. A gastronomia é de excelente nível e os restaurantes oferecem cardápios diversificados, tendo como base principalmente peixes, frutos do mar e algas marinhas.

Fonte: Diário do Nordeste

Experimente o Chopp de Vinho do Bar do Bixiga

Por Jackelyne Collins
Foi no Chopp do Bixiga que surgiu o famoso e tão apreciado “chopp de vinho”, idéia dos sócios da casa Ciro e Mauricio. A bebida é um dos grandes responsáveis pelo sucesso da casa, o chopp pode ser acompanhado por tira-gostos, salgados, sanduíches, refeições. A maioria dos freqüentadores são jovens que vão apreciar o ambiente descontraído e a boa música.

O Chopp de Vinho foi feito para suprir uma necessidade de ter um produto que fosse diferenciado em relação às outras choperias da cidade. A bebida é composta por uma mistura equilibrada com base no vinho tinto, envasado em barris de aço inox. A bebida é registrada e patenteada.

A casa conta com uma grande praça, a céu aberto, com 104 mesas, e, no piso superior funciona uma danceteria às sextas, sábados e véspera de feriados, bem como nas temporadas turísticas.
O Choop do Bixiga está instalado em um sobrado construído no inicio do século XX, integrado ao Centro Cultural dragão do Mar de Arte e Cultura.

Serviço:
O Chopp do Bixiga está localizado no “Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura”, à rua Dragão do Mar, 108, na praia de Iracema.
http://www.choppdobixiga.com.br

Adoce e refresque a vida

Por Marcelo Bonavides

Para quem quer provar sorvetes finos e elaborados com uma qualidade aprimorada a dica é Barbaresco. A sorveteria funciona como café e disponibiliza um cardápio de salgados, bebidas, cafés e, é claro, sorvetes.

Um dos mais pedidos é o de Browne, muito gostoso. Você pode optar pelo serviço de chá, disponível para grupos de, no mínimo 5 pessoas e máximo de 35. Em breve duas filiais da Loja irão se unir no Shopping Aldeota.

Serviço:
Av Beira Mar
Shopping Aldeota
De terça à domingo, das 15 às 00 horas.

Canoa Quebrada: um convite à diversão


Por Rosanna Amazonas

Uma lua e uma estrela esculpidas nas falésias tornaram-se símbolo de Canoa Quebrada, e dão um charme especial à praia, que faz parte do município de Aracati. Aventureiros em passeios de bugue desbravam as dunas em busca de emoções fortes. À noite, pessoas de diversas nacionalidades se encontram para curtir reggae, rock, forró, música eletrônica, jazz, música popular brasileira na rua principal do lugarejo, a Broadway.


Onde você pode ficar:



La Dolce Vita Pousada
Telefone: ( 88 ) - 3421 7213






Latitude Pousada
Telefone: ( 88 ) - 3421 7041


Lua Estrela Pousada
Telefone: ( 88 ) - 3421-7040


7 Mares Pousada
Telefone: ( 88 ) - 3421-7109






Tranquilândia Vilage Pousada
Telefone: ( 88 ) - 3421-7012

Via Lactea Pousada
Telefone: ( 88 ) - 3421 7103


Vila Canoa Pousada
Telefone: ( 88 ) - 3421-7183

Village Long Beach
Telefone: ( 88 ) - 3421-7404








Fonte: Jornal O Povo

Jericoacoara: a praia dos sonhos

Jericoacoara é uma das dez praias mais bonitas do mundo e fica localizada no extremo norte do litoral cearense, a 300 km de Fortaleza. Até 1985 era uma aldeia de pescadores e apesar de crescer com o turismo, não perdeu a simplicidade. A beleza natural encanta os visitantes, através das dunas, lagoas, praias, pois está localizada em uma área de preservação ambiental. É a praia ideal para quem procura aventura, beleza, curtição ou tranquilidade.

Roteiro de Férias

Pela manhã, você pode alugar um bugue e conhecer a Lagoa Azul. A água clara é convite a um mergulho relaxante. Um passeio ao vilarejo de Nova Tatajuba proporciona uma rota que passa por dunas. Também aproveite para conhecer a lagoa Torta e passear de jangada. No Mangue Seco, é feito um passeio de barco para ver cavalos marinhos.

À tarde, depois dos passeios, a dica é almoçar um peixe no Restaurante Azul do Mar, de frente para a praia. Para os amantes de esporte, a Praia do Preá, é um bom local para a prática do kitesurfe. Conhecer a Pedra Furada, cartão-postal da região é outra dica. O fim de tarde pode ser no Restaurante Naturalmente, que serve excelentes crepes em mesas na varanda e na areia.

Para começar a curtir a noite em Jeri, a dica é aproveitar a música ao vivo no Sky Bar & Restaurante tomando um coquetel. A balada geralmente começa após a meia-noite. O Planeta Jeri é parada obrigatória para tomar uma caipirinha. Basta seguir até o fim da Rua Principal. Para comer uma boa pizza acompanhada de música ao vivo, uma dica é a Pizza Banana. A pizzaria é uma das mais famosas de Jeri. Já para quem gosta de dançar um forró, a dica é ir à Rua do Forró, curtir a noite no For All. Muito forró e músicas regionais. Na Rua das Dunas, funciona o Mama África, um bar tradicional, mas diferente. Os DJs tocam músicas ao ar livre. Funciona da quinta-feira ao domingo.

Por: Rosanna Amazonas
Fonte: Jornal O Povo

Museu da Cachaça

Por Ana Carolina

Com mais de um século de existência, o grupo Ypióca é o mais forte produtor de cachaça do Estado e um dos maiores do País.

Para divulgar essa longa história,o grupo construiu o Museu da Cachaça, localizado em Maranguape, a 30 quilômetros de Fortaleza. Lá, o visitante encontra máquinas, equipamentos, utensílios, fotografias e documentos de toda a trajetória da família Telles.

Além disso, vários tipos de cachaça podem ser degustados num bar , decorado de forma rústica, como se fosse ambientado no século passado.

O local é cercado pleo clima agradável da serra e oferece muita diversão!

Vale a pena conferir!

Um gostinho vindo do Oriente


Por Munique Freitas

Para quem gosta de experimentar novos sabores e de conhecer um pouco da cultura gastronômica do Oriente, uma escolha é o restaurante Zahlé. Fugindo da tradicional esfiha ou charutinho, o cardápio oferece várias opções da comida árabe como tabule, arroz marroquino com castanhas e carneiro fatiado com aletria Além de doces diferenciados como o Beléu (massa folhada com recheio de amêndoas) e o Ataiff (creme com calda aromática de rosas ou laranja).





O ambiente é decorado de acordo com a cultura árabe, adornado com tapetes de cores quentes e objetos temáticos. Quem visitar o restaurante ainda pode assistir a um show de dança do ventre, que acontece em todas as primeiras sextas-feiras do mês.





Endereço: Rua Coronel Jucá 1940, Dionisio Torres


funcionamento: terça a sábado das 12h ás 15h e às 18h.


tel:3257-4900

Festival de quadrilhas atrai visitantes e Caninha Verde está entre as favoritas

Por Alexandre Marques

Maracanaú tem se destacado pela organização do seu São João o que atrai moradores e turistas. O festival de quadrilhas encanta a todos pela beleza e envolvimento dos participantes. As quadrilhas juninas são destaque até mesmo em competições regionais, entre elas temos Maria Bonita, Caninha Verde, Cumpadre Justino e GFAB.
Este ano não vai ser diferente, e uma das agremiações tidas como favoritas é a Caninha Verde do bairro Pajuçara. O grupo já conquistou vários títulos, inclusive o do ano passado. Para os participantes da comunidade Caninha Verde do Orkut “ser a melhor não é apenas ganhar troféus, é mostrar que a tristeza não nos abala, que a garra faz parte do dia-a-dia, e que somos capazes de encantar”.

Dragão Fashion 2009


Por Victor Hugo Fonteles




O Ceará vem se apresentando nacionalmente como um centro dinâmico de moda, sendo hoje o terceiro maior pólo Têxtil do Brasil. Destaca-se pela exportação de suas criações, além de ser responsável por revelar grandes talentos.

Diante deste cenário, no mês de abril um grande evento sacudiu a capital cearense: O Dragão Fashion Brasil. O evento completou 10 edições marcando conceitos no cenário da moda. O evento surgiu como alternativa para lançar novos designers, apresentando estilistas que hoje estão presentes no cenário nacional e internacional, além de dar maior credibilidade aos já conhecidos.
Desfiles de marcas cearenses, estilistas de renome nacional e a chance de estrear nas passarelas de um grande evento de moda. Os fashionistas cearenses têm no Dragão Fashion Brasil um ponto de encontro, discussão e consumo da moda hoje. Mark Greiner, Melca Janebro, Piorski, Weider Silveiro. Pratas da casa que, aos pouquinhos, vão sendo descobertos pelo País e hoje ocupam lugares de destaque na programação do evento. O último dia traz uma novidade: o trofeu Dragão de Ouro, que seta entregue no auditório do Centro de Convenções as personalidades da moda.
Este ano o que mais foram as alusões ao mundo das artes, da filosofia, do teatro e da antropologia. Tecidos leves e fluidos como a seda e o algodão, fizeram o contraponto com os mais densos e firmes. As cores: ardósias, vermelho, preto e cru, formaram um jogo consciente revelando e escondendo o corpo das modelos.

Ainda dá tempo de aproveitar o Juá Forró

Por Jorge Macedo

Você que está chegando ao Ceará em junho, pode curtir o Juá Forró, a festa de São João mais tradicional do Ceará. O forró e os os arraiás sacodem a terra do "Padim Ciço".




Então chega de perder tempo. Programe-se e aproveite o que falta do Juá Forró. Veja programação 2009:

Dia 16 de Junho de 2009
Garota Safada, Mastruz com Leite, Forró Pega Leve e Rabo de Sereia

Dia 17 de Junho de 2009
Limão com Mel, Colo de Menina, Flávio Leandro e Forró de Taipa

Dia 18 de Junho de 2009
Zezé de Camargo e Luciano, Furacão do Forró e Forrozão Baby Som


Dia 19 de Junho de 2009
Assisão e Banda, Forró Namoro Novo e Forró Mulher Chorona


Dia 20 de Junho de 2009
Nando Cordel, Cheiro de Menina e Joaquim Gonzaga


Dia 21 de Junho de 2009
Elba Ramalho, Campeões do Forró, Forrozão Rei do Gado e Cícero do Assaré


Dia 23 de Junho de 2009
Leonardo, Fábio Carneirinho, Jora Farias e Banda e Joãozinho do Exu

Festival de Moda de Fortaleza


Por Victor Hugo Fonteles




Outro evento que marcou o cenário da moda cearense foi o 28º Festival de Moda de Fortaleza. A existência destes anos de evento, prova que realmente eles foram de enorme contribuição para a divulgação da moda na capital cearense, e este ano o evento apostou em uma articulada reviravolta, tendo como foco as estratégias comerciais.

Ao longo de sua trajetória O Festival da Moda de Fortaleza (FMF), vem destacando-se como um evento pioneiro no Ceará na área de moda, e tem como o objetivo impulsionar o comércio atacadista, por meio do shopping Maraponga Mart Moda, apresentando marcas, produtos e serviços da indústria do vestuário difundidos a partir do Ceará.

E falando mais especificamente de moda com ênfase em tendências, o que marcou deste evento e vai marcar o guarda roupa da mulher cearense nestes próximos meses são as saias sarueis, que se fizeram presentes em quase todos os desfiles, a diversidade de tecidos, passando do jeans, ao plano, além das malhas lisas e estampadas. Muitas novidades na modelagem, tanto em calça como em shorts, bermudas e até macacões. O estilo folk, inspirado em trajes étnicos, predominou sendo possível a visualização nos vários desfiles que utilizaram franjas, detalhes em couros e botas, além do tema indiano que esteve bastante em alta. Os lenços, estão em destaque nesta estação, podendo ser usado durante o dia e a noite, em versões absolutamente diferentes.

Santo Antônio do Buraco poderá ser ponto atrativo para turistas

Por Alexandre Marques


O Santo Antônio do Pitaguary, em Maracanaú, também conhecido como Santo Antônio do Buraco, tem a possibilidade de se tornar pólo de turismo rural. Através de projeto do arquiteto Carlos Limaverde, proposto aos indígenas, Maracanaú pode ter a sua única área rural como ponto de turismo.

O projeto é chamado de Aconchego e prevê grande estruturação do local, que terá lugar para refeições, venda de artesanato, auditório entre outros. A área é uma reserva indígena, que já conta com vários atributos como a Igreja Santo Antônio do Pitaguary, a Senzala dos Escravos, a Gruta ou Buraco de Santo Antônio além de ser um dos últimos locais a ter Mata Atlântica no Estado do Ceará. Outra referência é a Mangueira Bicentenária onde eram açoitados os negros escravos e que hoje, sob a sua sombra, no dia 12 de junho, os Pitaguary realizam a tradicional dança do Toré para a própria comunidade e para os visitantes.

Turistas e moradores já podem visitar a Feira da Sé em Maracanaú

Por Alexandre Marques

Já está funcionando em Maracanaú, a Feira da Sé, está é mais uma opção que o turista tem ao visitar o município. Situada na Avenida I, em terreno de 15 mil m², logo na entrada do bairro Jereissati, a feira está em local privilegiado, de fácil acesso, e próxima ao Cefet. Cerca de três mil feirantes, que antes estavam na Praça Dom Pedro II, a Praça da Sé, agora podem expor seus produtos com maior comodidade já que a nova feira conta com segurança, guarda-volumes, infraestrutura e barracas individuais.

De acordo com a prefeitura de Maracanaú, a feira começa às 14h no domingo e na quarta-feira e vai até às 17h do outro dia. Já nos outros dias da semana o horário de funcionamento é de 7 às 17h. A população e os turistas já comentam as vantagens da feira. “Minha vizinha foi lá com cem reais e trouxe uma porrada de coisas, eu tenho que ir lá nesse domingo”, comenta com entusiasmo Maria Zeneida, moradora do Bairro Jereissati II.

É hora de ajudar

Ilustração: Jorge Macedo
Postado por Jorge Macedo

O Ceará, como os outros oito estados nordestinos, é sempre lembrado nos noticiários pelas secas e pelos flagelos causados pela falta de água.

Mas em 2009 a história inverteu-se. A Região inteira foi castigada pelo excesso de chuva. O Ceará foi um dos estados mais afetados. Plantações se perderam, casas ficaram destruídas, pessoas ficaram feridas e, infelizmente, algumas delas morreram.

Agora, passado o período das chuvas, é hora da reconstrução. Você, caro turista, que visiata o Ceará pode contribuir. Ligue para o 199 da Defesa Civil do Ceará e informe-se como você pode ajudar. Nós cearenses contamos com sua solidariedade.


Fortaleza é escolhida como sede da copa

Por Humberto Oriano


A escolha da sede da copa do mundo de futebol de 2014 na cidade de Fortaleza, é o grande chamaris turístico dos próximos 5 anos no Estado do Ceará. O Bairro Castelão, Outrora chamado de Mata Galinha, antes da construção do Estádio de Futebol, nunca foi um bairro que atraiu muitos investimentos. Seja do ramo imobiliário ou de outras derivações profissionais.
Agora, todas as atenções serão voltadas para aquele pedaço de chão, principalmente no setor da construção civil. Até no Maximo 2013, muitas mudanças terão que ser finalizadas. Não se sabe ao certo se antigos moradores dali serão remanejados ou terão seus imóveis supervalorizados. Só se sabe que o progresso para aquele bairro chegará de maneira inevitável causando mudanças drásticas nas vidas de quem lá reside. Um dos principais desafios que Fortaleza terá de vencer até 2014 no setor turístico é a crescente dificuldade em relação à mobilidade urbana. A cada mês, milhares de novos veículos chegam às ruas, provocando engarrafamentos que já não se restringem somente aos horários de pico ou às principais avenidas. Segundo o secretário do Turismo do Estado (Setur), Bismarck Maia, a principal necessidade nesse quesito será melhorar a mobilidade urbana entre os pontos da Cidade que deverão ser mais visitados durante a Copa do Mundo, os quais ele chama de “pontos convergentes”. Esse é o caso de locais como o Estádio Castelão, as praias de Iracema e do Futuro, o Centro da Cidade, o Acquário Ceará e o Centro de Eventos — estes últimos, a serem construídos pelo Governo do Estado, com previsão de conclusão para julho e agosto de 2010, respectivamente.

Festas religiosas atraem turistas em Aracapé


Por Humberto Oriano

O mês de junho, aqui em Fortaleza, é repleto de festividades juninas. Más nem todos os bairros de nossa capital, aderem somente as festas regidas a quadrilhas e ao ritmo do forró. A religiosidade também se faz presente com toda força.

Como é o caso do bairro Aracapé que fica situado entre o município de Fortaleza e Maracanaú. É exatamente no mês de junho que este bairro comemora a festa da paróquia de São João Batista. As festividades iniciaram-se dia 13 e se estenderão até o dia 24 de junho. No dia 13, a abertura destas comemorações foi marcada com alvorada às 05 horas, seguida de um café comunitário. Às 18 horas do mesmo dia, aconteceu a caminhada com vaquieiros do bairro, seguidos de motociclistas e ciclistas de toda a comunidade, saindo da Praça São João Batista até a Igreja Matriz.

Dia 14, amanhã,19 horas, celebração eucarística presidida pelo Pe. Robério, pároco de Redenção abordando o tema: “São João Batista, guia-nos na observância do Matrimônio, animada pelos Casais do E.C.C. (Encontro de Casais com Cristo)
Dia 15 de junho às 19 horas, celebração eucarística presidida pelo Pe. Evandro, Vigário Paroquial de Cascavel abordando o tema: “Com São João Batista aprendamos a sermos discípulos de Jesus, animada pelo Terço dos homens.

Dia 16, às 19 horas, celebração eucarística presidida pelo Pe. Bruno,Vigário Paroquial de Beberibe abordando o tema: “São João Batista, exemplo de segurança” animada pela Secretaria de Educação do município e as Escolas: Maria do Carmo Bezerra, José Neves de Castro, Francisco Rocha Ramos, Santa Terezinha, Fênix; Creches: Raio de Luz e Pe. Antonio Crisóstomo. Dia 17, às 19 horas, celebração eucarística presidida pelo Pe. Abel, Pároco da Paróquia São Pio X – Fortaleza abordando o tema: “São João Batista testemunho vivo da palavra.
Até o dia 24 serão seguidos o roteiro com celebrações e muitas festas até o encerramento final.

Paulo Diógenes e Ciro Santos garantam boas risadas em novo espetáculo

Por Cícero Fernandes

Quem gosta de teatro, não pode perder os irreverentes Paulo Diógenes e Ciro Santos, dois grandes humoristas cearenses, na peça as vizinhas, em apresentação aos sábados e domingos, as 20h, no Teatro do Dragão do Mar

Na peça, Paulo é Francisca, mais conhecida como Kika, uma mulher de subúrbio, naquele estilo ´mal-educada´ mesmo, que tem, como vizinha, justamente a personagem de Ciro, a Idenilce.

A grande novidade do espetáculo é que os atores interpretam personagens inéditos , totalmente diferentes dos habituais e já conhecidas do público, como Raimundinha ,interpretada por Paulo e Divina, por Ciro.

A comicidade é garantida com as surpresas do espetáculo. Apesar de pertencerem a classes sociais diferentes, uma socialite e a outra uma suburbana, as personagens se descobrem com muitas semelhanças. E aí está o fio da meada para muitas gargalhadas.

Saiba mais aonde encontrar Festas juninas no Ceará

Por Cícero Fernandes

Na cidade de Choró, há 168 quilômetros de Fortaleza, está sendo organizada a Terceira Edição do Festival de Quadrilhas, o chamado "Chorofest". O secretário municipal de Cultura, Eudes Johnson Pinheiro informa que haverá concursos de quadrilhas, arraial dos idosos e banda de forró como Pau de Arara e Dose de Amor animarão as noites do evento durante este mês.

E, em Senador Pompeu, também no Sertão Central, o IX Festival Junino será no período de 22 a 24 próximo. Também haverá o Arraiá Fulô do Sertão com barracas de comidas típicas, pescaria, quermesses, pau de sebo, apresentações artísticas e quadrilhas juninas.

Em Icó, a 380 quilômetros de Fortaleza, o "Festival da Igualdade", promovido pela Secretaria Municipal da Cultura está marcado para os dias 16 e 17 próximos no Centro Social Urbano. Vai reunir sete grupos juninos da sede e da Zona Rural. Um dos grupos mais tradicionais é o Asa Branca, do bairro do Cruzeirinho. Este ano os 16 pares da quadrilha vão abordar a evolução da festa junina. Cada casal deve gastar R$ 600,00 com as vestimentas típicas. A prefeitura investe na festa e também na premiação dos melhores grupos.

Também no dia 16 próximo começa o Jua Forró, em Juazeiro do Norte, festa junina tradicional do município que só termina no dia 28, véspera do dia de São Pedro. Cada dia, uma atração. O público terá, na abertura, Dominguinhos, Waldonys e bandas de forró. Outras atrações serão Leonardo, Aviões do Forró, Limão com Mel, Beto Barbosa, Banda Líbano, Solteirões do Forró e, no encerramento, a cantora Eliana.

Já em Iguatu, na Região Centro-Sul, o festival junino se realiza na última semana de agosto próximo. É o chamado Iguatu Festeiro, a festa fora de época promovida pela Secretaria da Cultura do Município que atrai pessoas de municípios cearenses e de estados nordestinos. Em junho, as festas juninas ocorrem nos distritos na Zona Rural da cidade.

Na Região Norte, mais precisamente em Sobral, O XI Festival de Quadrilhas Juninas, começa no próximo dia 21 e prossegue até o dia 30 deste mês, na avenida Doutor Guarany, na entrada da cidade, mesmo local onde ocorre o desfile dos blocos de Carnaval. Os grupos juninos de Sobral são da sede do município e dos distritos que têm de se inscrever na Secretaria da Cultura. A exigência é que os brincantes tenham idade igual ou superior a 14 anos. Os grupos serão julgados, segundo a coordenadora da Casa de Cultura, Telma Mendes, nas categorias evolução, coreografia, harmonia, indumentária, animação e originalidade. Há julgamento também para o noivo e noiva, casamento, marcador e rainha da quadrilha. Os prêmios são de R$ 3 mil para o primeiro lugar, R$ 2 mil para o segundo e R$ 1 mil para o terceiro colocado, de acordo com Telma Mendes.

Quixadá em ritmo de Festas juninas

Cícero Fernandes
Em Quixadá a animação se realizará no fim do mês de junho. De 27 a 30, será realizado o décimo-primeiro Pula Fogueira que reunirá mais de 40 quadrilhas juninas vindas de vários municípios do Estado. As apresentações aconteceram das 19h as 23 horas. A cada noite sete grupos se apresentame em seguida, é forró até o dia raiá, no estilo mais original que só encontramos nos sertões nordestinos. O evento já faz parte da tradição juninas do Ceará

Na centro da cidade o arraial popular é na praça José de Barros, mas também tem festa junina nos bairros como no Parque dos Monólitos, no Campo Velho, no Açude do Cedro, na praça do Centro Cultural Rachel de Queiroz (Chalé da Pedra) e no Planalto Universitário.


Os organizadores da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Turismo espera reunir mais de 100 mil pessoas na cidade vindas até de outros estados.

Maracanaú se prepara para o V São João

Cícero Fernandes

O melhor e mais tradicional São João do Ceará está na sua quinta edição. Serão 20 dias de festa e sua abertura se dará no dia 23 de junho e se estenderá até o dia 12 de julho.

A programação deste ano contém grandes atrações. Já está confirmada a participação de Bruno e Marrone no segundo dia de festa e também Leonardo para o dia 30 de junho. Contará também com shows de bandas regionais, festivais de quadrilhas e a realização do I Festival de Violeiros João Adriano Monteiro.

Este ano a espectativa de público para o evento é de aproximadamente 800 mil pessoas. Para isso, segundo divulgação da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Maracanaú, será montada uma super infra-estrutura na Avenida I, na entrada do bairro Jereissati, . O espaço de 9 hectares terá cidade cenográfica, 60 camarotes, dois palcos para shows – denominados Luiz Gonzaga e Patativa do Assaré -, dois telões, quadrilhódromo com arquibancada para cinco mil pessoas e 80 barracas de alimentação.

São João de Maracanaú: cerca de 800 mil visitantes são esperados

A partir do dia 23 de junho, até o dia 12 de julho, será realizado o V São de Maracanaú. A Cidade Junina será montada na Avenida I, na entrada do bairro Jereissati, e contará com uma infra-estrutura para receber os cerca de 800 mil visitantes esperados.

O espaço de 9 hectares terá cidade cenográfica, 60 camarotes, dois palcos para shows – denominados Luiz Gonzaga e Patativa do Assaré -, dois telões, quadrilhódromo com arquibancada para cinco mil pessoas e 80 barracas de alimentação.

A cidade cenográfica receberá várias inovações, já que este ano o São João de Maracanaú prestará homenagem às macrorregiões do Ceará. A programação contará com shows de bandas regionais e nacionais, além dos três festivais de quadrilhas juninas e a realização do I Festival de Violeiros João Adriano Monteiro.

Por: Rosanna Amazonas
Fonte: Site Jangadeiro Online

Cinema em Casa


Por Marcelo Bonavides



Se você quer ter uma boa diversão em casa a Distrivideo proporciona entretenimento garantido!

Ela é uma das mais tradicionais locadoras de vídeos da cidade e a maior em opções de filmes. Os lançamentos estão sempre à sua disposição e, para os amantes dos clássicos, a locadora tem um convênio com o selo Classicline, oferecendo os grandes sucessos do passado em DVD.

E para seu maior conforto, há o serviço de videoentrega.
É só ligar, escolher e pedir!

Serviço de videoentrega:
Distrivideo Dom Luis – 3267 7400
Distrivideo Antonio Sales – 3261 5170
De meio dia às 21:00, todos os dias.

Juizado móvel agiliza conciliação em casos de acidentes

Por Alan Rodrigues

Batida de carro em plenas férias; baita chateação em tempo impróprio. Não bastasse o susto da colisão, casos que envolvem danos materiais requerem conciliação na Justiça. E , aí, toma-se mais tempo das férias do visitante.

Pensando em agilizar a conciliação entre as partes, no Ceará, uma parceria entre o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e o Tribunal de Justiça resultou na criação dos Juizados Especiais Móveis. Eles são veículos que transportam uma equipe formada por um conciliador, um oficial de Justiça e um motorista.

São quatro equipes trabalhando das 9 horas da manhã até as 21 horas, em Fortaleza. Quando o fluxo de veículos diminui, o total de juizados móveis é reduzido para dois.

Confira os telefones das equipes:

(85) 9982 6733;
(85) 9982 6734;
(85) 9982 6735;
(85) 9983 0988.

O serviço é gratuito.

Catedral Metropolitana de Fortaleza

Por Jackelyne CollinsUm dos monumentos históricos de maior relevância para a cidade de Fortaleza é a Catedral Metropolitana. Em estilo gótico romano ou gótico moderado, a Catedral possui altura comparada a um edifício de 12 andares e tem capacidade para cinco mil pessoas. O Templo destaca-se pela sua imponência arquitetônica e a beleza dos vitrais.

Projetada pelo arquiteto francês George Maunier e inspirada na catedral de Colônia, na Alemanha, a Catedral Metropolitana de Fortaleza foi inaugurada em 1978, depois de ter passado quase 40 anos para ser construída. A antiga igreja construída 1864 foi demolida em 1938, devido fortes rachaduras nas bases da construção.

A Catedral Metropolitana de Fortaleza, em tamanho, é a terceira maior no País. Dom Antônio de Almeida Lustosa, arcebispo de Fortaleza, desenhou os vitrais, de origem suíça, que dão um colorido e uma iluminação especial à parte interna da igreja.

Serviço:
Endereço: Praça da Sé, Centro – Fortaleza - CE
Fone: (85) 3231-4196; 3231-3084 - Fax: (85) 3254-6901

Churrasco do Ceará


Por Marcelo Bonavides


Você encontrará no Parque Recreio Sul um ambiente requintado e acolhedor para saborear nosso churrasco.
Também irá dispor de um American Bar, Buffet com saladas, frutos do mar e pratos quentes especiais,Sushi bar com self-service e rodízio.
Desde 1991 o Parque Recreio vem atraindo clientes no endereço da av. Rui Barbosa. Agora, os clientes tem um novo endereço no bairro Edson Queiroz.

Serviço:
Parque Recreio Sul
Rua Crisanto Moreira da Rocha, 1080
Bairro Edson Queiroz, tel: 3278 2012.

A ajuda necessária quando carro "dá o prego"

Por Alan Rodrigues

"Dar o prego". Frase cearense que significa paralisação de um automóvel por problemas técnicos. A frase pode soar diferente para os turistas, mas a má sorte de se encontrar sozinho na estrada, nessas horas, é bem conhecida. Ela não observa origem e nem escolhe a hora.

Para evitar essa chateação em sua visita à Fortaleza, confira alguns serviços mecânicos de atendimento 24 horas na capital cearense.

Empresa: Auto Socorro Aguanambi 24 Horas

Endereço: Avenida Aguanambi, 1763

Telefone: 3272-4620

Bairro: José Bonifácio


Empresa: S.O.S Rebocar

Endereço: Rua Capitão Melo, 3738

Telefone: 3472-1385

Bairro: São João do Tatuapé


Empresa: Protege Car Serviços Auto Socorro

Endereço: Rua São Judas Tadeu, 37 - C

Telefone: 3287-1128

Bairro: Presidente Kennedy


Centro das Tapioqueiras é parada obrigatória

postado por Felipe Pontes

São cerca de setenta tipos de tapioca no caminho do Litoral Leste

Goma (fécula de mandioca), água e sal. São esses os ingredientes da tapioca, um dos pratos mais tradicionais do Ceará. Na Avenida Washington Soares, no bairro Messejana, se encontra o Centro das tapioqueiras. Lugar às margens da BR 040 onde os passantes podem apreciar a especiaria cearense. São em média 50 mulheres, em 26 boxes, que passam o dia inteiro trabalhando em seus fogões para satisfazer o paladar de quem chega. O local recebe diariamente, em média, mil visitantes da terra ou turistas. O horário em que a movimentação fica mais intensa é no final de tarde, logo no pôr do sol.

Na frigideira ou na chapa quente, há quem diga que no Centro a tapioca é servida em setenta tipos de recheio. Quem senta em uma das mesas deste espaço já sente o cheirinho da goma assando. Depois de saída do fogão , o recheio fica por conta da criatividade da tapioqueira ou do gosto do cliente. O cardápio oferece tapiocas de queijo, mista, com carne de sol, frango, camarão ou côco, Para os mais tradicionais, apenas uma manteiga derretida. Tudo servido, a tapioca sempre pede uma xícara de café bem quente com ou sem leite. E para quem quer fazer da tapioca uma guloseima doce, as artistas da goma servem a iguaria com banana assada, chocolate, morango, goiabada ou leite condensado.

O Centro das Tapioqueiras é uma estrutura formada para as mulheres que trabalhavam em bancas nas estradas. Há três anos quando inaugurado o espaço, elas receberam um Box de tijolo aparente com fogão a lenha. A arquitetura é aberta e arejada com amplo estacionamento. Para quem vai e volta das praias do litoral leste, ou do Beach Park, a parada é obrigatória.

Serviço:
Centro das Tapioqueiras.
Av Washington Soares, 10215. Bairro Messejana. Às margens da BR 040, Caminho do Beach Park
Horário de funcionamento: de 5h até 22h

Artesanato cearense é no CEART

Por Jackelyne Collins

O Centro de Artesanato do Ceará (CEART) é um dos lugares mais agradáveis para comprar o artesanato local. A variedade do artesanato cearense é muito ampla, artigos de couro, de madeira, de metal, de ouro, instrumentos musicais, literatura de cordel, rendas, bordados e lembrancinhas, além de alimentos e bebidas.


O CEART atrai a atenção dos visitantes pela decoração do local ser muito bem planejada e os preços convidativos para qualquer tipo de público.
O CEART possui oito filiais no estado do Ceará, em Aquiraz, em Guaramiranga, Canoa Quebrada, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, no Sebrae (Av. Monsenhor Tabosa), no Shopping Maraponga Mart Moda e no Shopping Iguatemi. No site você pode conferir as fotos e os preços dos produtos que estão à venda, além dos endereços e telefones das outras lojas.

Serviço:
Matriz: Av. Santos Dumont, 1589 – Aldeota – Fortaleza-CE
Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta: 09:00 às 18:00h e Sábado – 09:00 às 17:00h
Fone: (85) 3101-1625/ 3101-1644
http://www.ceart.ce.gov.br

Mercado Central reúne produtos típicos da região.




Postado por Felipe Pontes

Com 1200 m² de área o espaço oferece o melhor e mais barato artesanato do Ceará.

Para quem quer voltar da Terra do Sol com a mala cheia de produtos da região, não pode deixar de passar no maior pólo de compras artesanais do Nordeste. O Mercado Central de Fortaleza, com1.200 m² de área e 553 boxes de vendas, oferece a riqueza da cultura têxtil e culinária local com conforto e preços acessíveis para todos os visitantes. O Mercado é localizado no centro da cidade, na Av. Alberto Craveiro. Quem passa pela Catedral Metroplitana de Fortaleza, tem parada obrigatória no lugar.

Ao andar pelos quatro andares o visitante se depara com a arte e o talento dos artesãos cearenses. São artigos de couro (sandálias, sapatos, chapéus, bolsas e malas), rendas e bordados em peças de cama, mesa e banho. É possível encontrar peças com material de seda, lã, linho e até lona.

Os produtos que dão água na boca dos turistas como a conhecida cachaça, licores, castanha e doce de caju, também estão à venda mercado. Os restaurantes oferecem comidas típicas nordestinas feitas com o tempero mais característico da região.

E para quem não quer esquecer dos amigos e parentes, vale levar uma lembrancinha pra casa. Produtos como garrafinhas de areia , peças em tecido, vidro e côco, jangadinhas e camisetas com motivos cearenses são vendidas por preços surpreendentemente baixos.

O Mercado Central de Fortaleza existe desde 1931. Depois de várias modificações em sua estrutura ao longo dos anos, em 1997 o lugar ganhou uma nova arquitetura assinada pelo arquiteto Luiz Fiuza. O novo espaço recebeu grande ventilação, passarelas e rampas, elevador e estacionamento para o conforto e segurança dos visitantes.


Serviço:
Mercado Central de Fortaleza
Av. Alberto Craveiro, 199. Centro – Próximo a Catedral Metropolitana de Fortaleza.
Funcionamento de de Segunda a sábado de 8h às 17h
Contatos: 3454-8244

Começa Festival de Quadrilhas em Jaguaribara

Vários municípios do Interior se encontram, nessa semana, no XIII Festival de Quadrilhas Juninas de Jaguaribara. Decoração personalizada, figurinos e comidas típicas dão colorido à festa, que conta com diversas apresentações culturais. Neste sábado e domingo, dias 12 e 13, o festival reunirá grupos de Limoeiro do Norte, Russas, Quixadá, Ibicuitinga, Morada Nova, São João do Jaguaribe, Milhã, Senador Pompeu, Itapiúna e Maracanaú. Após as apresentações dos quadrilheiros haverá festa, ao final de cada noite, com várias bandas de forró.

Por: Rosanna Amazonas
Fonte: Diário do Nordeste

Interior celebra Santo Antônio

É tempo de conferir os festejos de Santo Antônio pelo interior cearense, onde 11 cidades homenageiam o santo casamenteiro, também consagrado como padroeiro dos pobres. O momento de folia e oração é distribuído nos quatro cantos do Estado e prossegue até o próximo sábado, 13, com procissão e missa de encerramento. Barraquinhas com comidas típicas, shows musicais, bingos e leilões são atrações em cada festejo.

Só na região do Cariri, cinco municípios celebram Santo Antônio. Destaque para Barbalha. A festa dos namorados, realizada nesta sexta-feira, no Parque de Eventos, é a grande atração dessa semana no município. Os festejos também ocorrem em Araripe, Barro, Antonina do Norte e em Jardim. No Sertão Central, destaque para as comemorações em Quixeramobim e Caridade. No Maciço de Baturité, a festa ocorre em Ocara. E na região Norte, em Cariré. No Litoral Oeste, no município de Chaval, Santo Antônio vai justificar a fama de casamenteiro. Nesta sexta-feira, dia 12, serão realizados 30 casamentos coletivos no município. Já em Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza, o forró pé-de-serra agita as noites na cidade.

Por: Rosanna Amazonas
Fonte: Jornal O Povo

São João em Maracanaú


Cidade Cenográfica está sendo montada para receber os forrozeiros

Por Joel de Sousa
Foto: Site do Jornal Diário do Nordeste

São João no Maracanaú é só curtição. A cidade cenográfica, uma das atrações do melhor São João do Estado, já está sendo montada para receber cerca de 35 mil visitantes. Serão 22 noites de pura diversão regadas com forró, comidas típicas, apresentações de grupos folclóricos, violeiros, concurso de quadrilhas juninas e premiações.

O evento, que acontece de 23 de junho a 12 de julho, vai garantir a promoção da cultura popular e gerar renda para a população local que comercializa bebidas, comidas, artesanato, entre outros produtos.

Esse ano, o município homenageará a população cearense por meio de convidados de todas as cidades. Os convidados serão recepcionados com uma radiadora, remetendo ao tempo em que o aparelho era usado para dar avisos importantes.

A cidade cenográfica está sendo montada numa área localizada entre o antigo Cefet, (atualmente Ifet), e o Feira Center, na entrada do bairro Jereissati. O acesso é pela Avenida Godofredo Maciel.